enquete

  • Aqui vem o tema da enquete que poderá ser alterado acessando o Painel de Controle do Portal.
  • Opção 2
    Opção 3
    Opção 4

27/12/2018 08:40h - Atualizado em 27/12/2018 08:46h

Campos de Luz recebe investimentos e chega a todas as regiões de Minas Gerais

Por Ascom MG

Cemig atinge todas regiões com o programa Campos de Luz
Cemig atinge todas regiões com o programa Campos de Luz

 

Mutum (Vale do Rio Doce) -- localizado a 380 km de Belo Horizonte -- foi contemplado com seis projetos do programa Campos de Luz, beneficiando a cidade e os distritos. De acordo com a chefe de gabinete da prefeitura municipal, Meiry dos Reis, o programa veio resgatar o convívio social entre os moradores da cidade e do campo, beneficiando a população de 29 mil habitantes.

“A autoestima dos desportistas foi elevada, pois eles precisavam da iluminação para a prática do esporte e do lazer. Os espaços iluminados atraem o público que por sua vez passou a cuidar melhor dos campos e das quadras”, revela Meiry.

Em sua opinião, o programa é eficiente e muda realidades porque traz novas possibilidades à população.  No caso específico de Mutum, existe distrito que está distante 60 km da sede do município, razão pela qual é fundamental que tenha estrutura própria para atividades esportivas e de lazer. 

Assim como Mutum, outras localidades foram atendidas recentemente pelo programa Campos de Luz, como São Sebastião do Rio Preto. Situada a 169 km da capital mineira, a cidade recebeu iluminação do campo de futebol, que se transformou em um importante espaço esportivo, social e cultural para a cidade.

Segundo a secretária municipal de Assistência Social, Andréa Aparecida Otone de Souza, o programa Campos de Luz representa muito para o município de 1,7 mil habitantes. “A iluminação nos deu oportunidade de acolher adolescentes e adultos para atividades no período noturno. É um ganho imensurável que vai além de nós, do prefeito ou dessa administração. É um bem público que a população conquistou junto ao Estado e certamente saberá conservar para usufruir por muitos anos”, ressalta.

Andréa observa que o programa é tão significativo que fez o município mudar de patamar com a estrutura do campo de futebol, que já havia passado por reforma, mas dependia da iluminação levada pelo Governo do Estado e Cemig para atender jovens e adultos durante a noite. “Além do esporte e de atividades sociais, o campo iluminado será utilizado para programas culturais que reúnam os moradores de São Sebastião do Rio Preto”, conclui.

Catas Altas (Território Metropolitano) possui cerca de 5.300 habitantes e está localizado a 121 km de BH. Nesse município, o programa do Governo do Estado para iluminação de quadras e campos públicos -- em parceria com a Cemig -- beneficiou a população do distrito de Morro D’Água Quente, a 5 km de Catas Altas, sentido Mariana.

“Este projeto foi muito importante para os moradores do nosso distrito do Morro D’Água Quente. O campo ficou mais iluminado, melhorando as condições do local para a prática de esportes e atividades de lazer no período noturno. E ainda gerou mais segurança para a população local. Todos ficaram muito satisfeitos”, garante o prefeito de Catas Altas, José Alves Parreira.

Em Nova União, também no Território Metropolitano, a 56 km da capital mineira, também foi beneficiado pelo programa Campos de Luz. O município tem aproximadamente 5.700 habitantes, que celebraram a chegada da iluminação do campo de futebol localizado no centro da cidade.

O prefeito Ailton Antônio Guimarães Rosa diz que o programa resgata os jovens para o esporte e que a população passou a utilizar o campo na maioria dos dias da semana com segurança. 

“Foi muito importante, pois os atletas até voltaram para o futebol de campo, uma vez que a maioria havia migrado para o futebol de quadra, exatamente pela falta de luz. Grande parte dos praticantes do esporte trabalha durante todo o dia e o benefício da iluminação trouxe essa tranquilidade”, afirma Guimarães.

Em Nova União, além do futebol, a estrutura estimulou a sociedade local a fazer caminhada na parte externa do campo.

 

Investimentos e meta

A fim de melhorar a qualidade de vida e a inclusão social de comunidades carentes com a prática de atividades esportivas, de lazer e de cultura com mais segurança, o Governo do Estado e a Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) investem R$ 15 milhões no programa Campos de Luz para iluminar 300 espaços públicos. Os recursos são destinados aos projetos, obras e aos materiais gastos em sua execução.

A meta é iluminar 250 campos de futebol e 50 quadras até o fim de 2018 em todas as regiões de Minas Gerais. Segundo Melquisedeque Clementino Ferreira, da Gerência de Relacionamento com Clientes Especiais do Poder Público/Cemig, 72% das obras foram concluídas até meados de setembro, o que equivale a 218 espaços públicos iluminados. Outros 32 estão recebendo a estrutura projetada para ser entregue à população. O número de municípios atendidos até o momento é de 166 e pode chegar a 200 nessa etapa.

A seleção dos municípios para Campos de Luz é realizada pela Secretaria de Estado de Governo (Segov), e a Cemig executa o programa. “Para a sociedade, esperamos proporcionar melhoria da qualidade de vida e a inclusão social com a prática de atividades esportivas, lazer e culturais também no período noturno, aumentando a disponibilidade de tempo para a prática de esportes e outros eventos, além do incremento da segurança pública”, reafirma Melquisedeque.

 

Requisitos necessários

Conforme o coordenador do programa, de modo geral os projetos têm o mesmo padrão, com alguns ajustes dependendo do espaço a ser iluminado.  Entretanto, existem critérios para atendimento aos municípios. Os campos e as quadras precisam estar em espaço público esportivo e pertencer à prefeitura municipal, que deverá ser a gestora e se responsabilizar pela segurança, manutenção das instalações e pagamento das faturas de energia elétrica.

De acordo com o programa, o campo pode ter no máximo 120 metros e no mínimo 90 metros de comprimento; a largura de até 90 metros e o mínimo de 45 metros. Para as quadras a medida é de no máximo 40 metros e o mínimo de 20 metros de comprimento, enquanto a largura máxima poderá chegar a 20 metros e a mínima de 10 metros.

Os campos devem possuir alambrados e as quadras também, ou outro anteparo físico sólido em seus limites. Esses espaços devem possuir rede de energia elétrica bem próxima da porta do campo ou da quadra.

 

Observações para municípios interessados

O regulamento do programa impede que sejam atendidos campos ou quadras poliesportivas pertencentes a clubes profissionais ou escolas que estejam em áreas de propriedade particular. Também não é permitida a iluminação de campos ou quadras situados em unidades de conservação ambiental, conforme a Lei Federal 9.985/2000. E por razões técnicas também não serão contempladas quadras poliesportivas que tenham cobertura.

Todas as prefeituras que pleitearem o benefício precisam estar adimplentes com a Cemig e com o Estado de Minas Gerais. E, por último, o campo ou a quadra devem estar localizados em município da área de concessão da Cemig Distribuição (Cemig D).