enquete

  • Aqui vem o tema da enquete que poderá ser alterado acessando o Painel de Controle do Portal.
  • Opção 2
    Opção 3
    Opção 4

21/06/2019 08:10h - Atualizado em 21/06/2019 08:13h

UPA de Passos promove educação continuada

Por Ascom PMP
Upa tem curso de educação continuada
Upa tem curso de educação continuada

 

Visando a promoção de educação em saúde, que a Prefeitura de Passos, através da Unidade de Pronto Atendimento de Passos está promovendo nas próximas semanas um processo de educação continuada, com extensão aos demais setores, profissionais da saúde e também a população.

Processos que envolvem melhorias e investimentos no âmbito da saúde requerem inicialmente investimentos primários em educação; visto que dentro dos vários nuances passíveis de discussão nesse aspecto, podemos enquadrar de forma secundária a educação voltada ao cenário da saúde e bem estar. Presume-se que cidadãos com maior nível de instrução e escolaridade, com mais acesso à informação e condições básicas, que envolvem saneamento básico e higiene pessoal (por exemplo) sejam cidadãos mais conscientes e menos susceptíveis a doenças e seus agravos.

Em outro aspecto, visando a promoção de educação em saúde, podemos agir de maneira mais imediata e palpável, orientando a população quanto ao funcionamento do sistema de saúde e a forma de melhor aproveitá-lo. Ainda dentro deste foco e contato, orientar a população sobre algumas patologias, cuidados para evitarmos doenças e excessos de procedimentos que possam levar a riscos desnecessários e consequentemente otimizar gastos públicos.

O Prefeito de Passos, Carlos Renato Lima Reis fala sobre a criação  deste projeto. “Criamos então as semanas de conscientização em determinados assuntos e de aperfeiçoamento e atualização sobre determinados temas, no âmbito dos assistentes, mas também no âmbito da população, já que estando esta orientada e bem informada, facilita-se a comunicação médica e de enfermagem; e leva também a melhor compreensão dos agravos à saúde para conseguirmos com isso, melhores resultados frente aos tratamentos prescritos”, finalizou o prefeito.

Para tanto, a administração municipal realizará uma semana de promoção em informações e discussões no espaço físico da UPA e nas unidades de saúde da rede. Vale ressaltar que é um projeto piloto nestes moldes e contará, além do apoio da Secretaria Municipal de Saúde e Prefeitura Municipal de Passos; com o apoio logístico e também difusor e multiplicador das Faculdades de Medicina do Município (Faculdade Atenas e a UEMG). Este apoio tem fundamental característica didática também nos grupos de alunos envolvidos, tanto no conhecimento e crescimento pessoal de cada um, quanto na contribuição como propagadores e multiplicadores de informação que terão ao participar e fomentar as ações propostas.

Na primeira semana, que se inicia já amanhã, foi proposto o Tema: “Semana de conscientização sobre o uso do Raio X”. O tema tem destaque para o uso consciente e racional do método diagnóstico, no aspecto de conscientizar profissionais de saúde e população para que entendam que o exame é seguro, porém não deve ser usado indiscriminadamente pelas questões que envolvem a radiação e seus efeitos cumulativos no organismo em longo prazo, pois é muito comum relatos médicos e de enfermagem de pessoas que procuram a UPA e que ao invés de apresentarem uma queixa para consulta, muitas vezes iniciam um atendimento dizendo: “ vim fazer um Rx pra ver como está meu pulmão”. O entendimento de que o exame não é totalmente inócuo é importante para todos. Tumores da tiroide, por exemplo, são os que mais se relacionam com a exposição radiológica excessiva, e a população precisa estar ciente disso e dos efeitos cumulativos da radiação – principalmente evitando a exposição, se não for realmente indicado. Outra preocupação é a exposição excessiva de crianças à radiação, já que estas são as mais vulneráveis aos efeitos deletérios.  

Na semana 2, foi proposto o tema que é disparadamente o mais comum nas Unidades de Pronto Atendimento, a Rinossinusite.  Nesta época do ano então, é muito comum encontrarmos dezenas de pessoas consultando por queixas relacionadas a esta patologia nos Pronto Atendimentos.  O principal objetivo é treinarmos equipes assistenciais e conscientizar a todos (incluindo população) sobre as maneiras e abordagens corretas da patalogia (Rinossinusite) e com isso, evitarmos o uso indiscriminado de antibióticos que poderiam então (quando usado sem indicação) levar a alterações no organismo desnecessárias e por vezes até perigosas; além de poder induzir a resistência aos mesmos, em caráter até mesmo comunitário, ou seja, termos bactérias multirresistentes em nosso meio (cidade). Enfatizar também que em grande parte a patologia não precisa de nenhum tipo de exame secundário e que apenas com exame clinico (historia + exame físico) já se faz o diagnostico e tratamento adequado para a quase totalidade dos casos.

E por último, será feita a “Semana de Treinamento e conscientização em Infecção do Trato Urinário”. Esta ultima também figura como sendo causa muito frequente de procura por atendimento nas redes de Pronto Atendimentos e Unidades Básicas de Saúde. Temos a pretensão de estabelecer rotinas e manejo mais uniformes a serem seguidos e com isso termos menores índices de complicações relacionados ao tema/patologia.  Além disso, pretende-se evitar espera por exames desnecessários e dar andamento mais rápido, bem como maior atenção com exames em casos que tenham esta necessidade.  Haverão treinamentos especializados das equipes de cuidados de enfermagem para minimizar infecções relacionadas aos cuidados com saúde (infecções hospitalares) a serem desenvolvidas no novíssimo centro de simulações realísticas da Faculdade Atenas, apoio pelo qual contamos no projeto e temos a instituição como parceira. Além disso, teremos o envolvimento e parceria da equipe de CCIH e Infectologia da Santa Casa de Misericórdia de Passos, auxiliando também nos processos de treinamento e desenvolvimento de protocolos.

Doutor Bruno Borges, diretor técnico da UPA, comenta sobre o que espera deste projeto. “Esperamos que os frutos do projeto sejam colhidos de maneira coletiva pela população Passense e que possamos progredir dia a dia na luta por uma saúde melhor e de qualidade” salienta Bruno.